Mais detalhes da série cancelada de Power Rangers com Lord Drakkon


2018 foi um grande ano para os fãs de Power Rangers. O evento SHATTERED GRID que cobriu os quadrinhos da franquia, abriu portas para um vasto universo expandido.

Shattered Grid trouxe um vilão que já se tornou icônico em Power Rangers, Lord Drakkon. O personagem que é uma versão maligna (muito maligna) de Tommy Oliver caiu rapidamente no gosto dos fãs e está presente em praticamente todas as mídias da marca.

Comentamos em Abril desse ano que Kyle Higgins, o escritor de Shattered Grid tinha planos para uma série em live-action ambientada no Universo dos Sem Moeda, mundo onde Lord Drakkon surgiu, link da matéria aqui. Mas essa semana, em uma entrevista exclusiva ao Newsrama, ele contou mais detalhes do projeto que foi cancelado.

Kyle Higgins ao lado de sua criação, Lord Drakkon nos bastidores do trailer de Shattered Grid
- Foto: Reprodução Twitter

A história de Shattered Grid se mostrou tão popular que quase deu origem a uma série spin-off com Jason David Frank assumindo a personalidade sombria de Drakkon.

"O único grande arrependimento que tenho [com o meu trabalho em Power Rangers], e que estava totalmente fora de meu controle, foi que chegamos perto de montar uma série, que eu também iria dirigir, se passando na realidade dos Sem Moeda", disse Kyle Higgins.

O projeto da série de TV foi desenvolvido após o vídeo promocional que Higgins dirigiu com o ator Jason David Frank para promover o crossover em 2018, ano que Power Rangers completou 25 anos da estreia original.

"[O projeto da série] surgiu como resultado do vídeo promocional que fiz com Jason David Frank para Shattered Grid, que mostrou a Saban que poderíamos fazer algo mais longo e robusto, com alto valor de produção, se eles estivessem interessados", continuou Higgins. "Considerando o investimento e a empolgação com Drakkon, Shattered Grid e os Sem Moeda, eles realmente estavam interessados".

"Meu pensamento era que: para não dizer que poderíamos ter todos os atores que queríamos de volta, cada ator teria a idade certa para onde seus personagens estariam na linha do tempo dos Sem Moeda, e tínhamos um modelo de negócios que poderia ter sido realmente atraente para as pessoas em que estávamos pensando", falou o escritor.

Bastidores do trailer de Shattered Grid - Foto: Reprodução Twitter

"Jason estava realmente empolgado com isso e estava a fim de interpretar Drakkon, então eu trabalhei em uma série com alguns outros escritores em quem confiava e que também queriam criar esse mundo", explicou Higgins. "Até hoje, é uma das coisas mais legais em que trabalhei".

O projeto estava avançando sem problemas, de acordo com Higgins, até que a Saban vendeu a franquia Power Rangers para a Hasbro em maio de 2018.

"Infelizmente, com a Hasbro comprando a marca, o projeto foi encerrado", disse Higgins. "Antes disso, definitivamente tivemos algumas conversas bastante sérias sobre modelos de financiamento e parceiros de distribuição. Mas sim. No fim das contas, não era para ser".

Ainda existe alguma chance do projeto voltar?

Com a marca sob o comando da Hasbro muitos materiais provavelmente foram engavetados, assim como outros surgiram. Kyle Higgins comentou no final do ano passado que estaria envolvido em um novo projeto de Power Rangers em 2020. Não sabemos se esse envolvimento do escritor irá se concretizar ou se o quer que for tenha sido planejado foi movido para 2021 devido à pandemia que assola o mundo.

De qualquer forma, o Universo dos Sem Moeda vai ser abordado novamente nos quadrinhos. Em Julho teremos o One-Shot Power Ranges: Ranger Slayer #1 que prepara terreno para a mini-série em três edições Power Rangers: Drakkon New Dawn que chega em Agosto.

E você, acha que ainda existe chances da série acontecer?
Mais detalhes da série cancelada de Power Rangers com Lord Drakkon Mais detalhes da série cancelada de Power Rangers com Lord Drakkon Reviewed by Mega Power Brasil on quarta-feira, maio 27, 2020 Rating: 5

2 comentários:

  1. que pena que foi cancelado! Mas agora nas mãos da Hasbro, espero muito que possam "reviver" o projeto.

    ResponderExcluir
  2. O único problema desse projeto, é que o Tommy Oliver teria muio mais destaque que outros rangers, aí ficaria meio que uma série focada só nele

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.