Brian Casentini sai da Hasbro e fala sobre o futuro de Power Rangers


Power Rangers completou 25 anos em 2018 e não mostra sinais de cansaço para a próxima década com a Hasbro no comando.

O sucesso dos últimos anos de Power Rangers pode ser atribuído a muitos nomes e Brian Casentini com certeza é um deles. Casentini trabalhou com marca desde 2010 e fez parte da transição da Saban Brands para Hasbro como Vice-Presidente de Power Rangers na Allspark Picture. Brian decidiu deixar seu cargo na Hasbro para buscar novos projetos e concedeu uma entrevista para o Comic Book que você confere logo à baixo.

Casentini começou com a marca em 2010, depois que ela voltou para as mãos da Saban de sua antiga proprietária, a Disney. A franquia está bem diferente de quando ele começou e Casentini não poderia estar mais emocionado ao ver uma expansão tão grande ao longo dos anos.

"O que eu acho que mudou mais foi a construção de mundo que fizemos além da série de TV, incluindo nossos quadrinhos de Mighty Morphin Power Rangers e Go Go Power Rangers, nossas graphic novels, o RPG Power Rangers Hyperforce, e um dos primeiros jogos mobile PVP online, Power Rangers Legacy Wars, bem como o nosso jogo de consoles Battle for the Grid. Nunca houve uma lista mais diversificada de conteúdo Power Rangers disponível para os nossos fãs do que agora", disse Casentini.

Os quadrinhos de Power Rangers são uma vindoura fonte para o Universo Expandido - Foto: BOOM! Studios

Casentini também é grato por todas as oportunidades incríveis que ele teve enquanto trabalhava com a franquia. "No meu papel de supervisionar o conteúdo do Power Rangers, eu mudei e cresci ao ter a chance de trabalhar tão intimamente com grande talento em tantas mídias diferentes e eu adorei ver todo o nosso trabalho sendo tão bem recebido por nossos fãs apaixonados", disse Casentini.

Brian participou de várias temporadas do programa, incluindo Samurai, Megaforce, Dino Charge, Beast Morphers e muito mais. Todos esses shows e experiências continham momentos de destaque para Casentini, embora haja uma memória relativamente recente que se destaca.

"Há tantas lembranças que levaria muito tempo para cobrir todas as temporadas, mas acho que o aniversário de 25 anos é um verdadeiro destaque porque trouxe de volta tantos Rangers Lendários e reconheceu formalmente o multiverso dos Power Rangers e a continuidade em todas as estações. algo que os fãs queriam a tempo", continua Casentini.

O crossover de 25 anos se tornou um dos mais populares da franquia - Foto: Hasbro

Dito isto, Casentini também destacou o trabalho dos showrunners que trazem todas essas idéias e elenco e as transformam em realidade.

"Eu trabalhei com dois showrunners de Power Rangers ao longo da última década e a série de TV é absolutamente seus filhos", disse Casentini. "O showrunner de Samurai e de Megaforce, Jonathan Tzachor, adorou permanecer fiel ao enredo dos Super Sentai da Toei. O nosso atual showrunner, Chip Lynn, fez um ótimo trabalho construindo o maravilhoso material do Super Sentai enquanto transmitia a paixão contínua do criador Haim Saban garantido que cada episódio oferecesse ação incrível, aventura, humor e coração, juntamente com uma grande mensagem para crianças de todas as idades".

Enquanto ele aproveitou seu tempo com a franquia, isso não significa que não foi uma jornada sem desafios. Um dos maiores obstáculos foi encontrar um equilíbrio entre narrativas mais abrangentes e histórias mais curtas e auto-contidas que se prestam ao formato episódico, embora pareça que eles chegaram a uma solução com Beast Morphers .

Power Rangers Beast Morphers trouxe um novo tom para Power Rangers - Foto: Hasbro

"Eu sou um grande fã de narrativa serializada, mas a maioria das emissoras de todo o mundo quer mais narrativas episódicas para facilitar o agendamento", fala Casentini. "Dito isso, acho que encontramos um ótimo equilíbrio com Power Rangers Beast Morphers e conseguimos entregar uma produção elevada e incrível. Você notou o aumento das batalhas no modo civil nesta temporada? Elas são realmente incríveis!".

Quanto à sua experiência mais gratificante, o filme Power Rangers de 2017 ocupa um lugar especial em seu coração e é um longa que tornou-se amado entre os fãs também. "Em termos de experiência mais gratificante, eu teria que dizer que foi produzindo o filme de 2017 e expandindo a diversidade que nossa franquia sempre celebrou, incluindo os primeiros super-heróis autistas e LGBTQ nos cinemas", disse Casentini.

Enquanto a franquia Power Rangers inclui temporadas populares como Espaço, Dino Trovão , Resgate, Dino Charge e muito mais, Mighty Morphin Power Rangers é de longe a mais popular entre os fãs. Isso é uma faca de dois gumes às vezes, já que parte do fandom anseia por conteúdo envolvendo as outras equipes ou querem novos personagens e temas enquanto outra parte da comunidade quer que Mighty Morphin sempre tenha um grande papel a desempenhar na franquia. Perguntamos se isso é algo que as equipes da Saban e da Hasbro já pensaram ao longo dos anos, e Casentini explicou que é um foco para manter um equilíbrio adequado.

Mighty Morphin Power Rangers segue como a temporada mais popular - Foto: Hasbro

"As temporadas de Mighty Morphin ainda são de longe as mais reconhecidas mundialmente, mas sempre tentamos celebrar muitas de nossas outras temporadas em nossos especiais de crossover e especialmente em nossos quadrinhos... o enredo de Shattered Grid tinha Rangers de todas as temporadas lutando contra Lord Drakkon e nosso recente arco de história em quadrinhos Beyond the Grid não incluiu nenhum personagem de Mighty Morphin além da Ranger Slayer, nossa nova encarnação de Kimberly Hart. Power Rangers HyperForce também lutou ao lado de numerosos Rangers de muitas temporadas", fala Casentini. "Uma das principais prioridades para a equipe criativa é como promover e celebrar todos os incríveis Rangers em nossos 26 anos de história".

Então a questão permanece: Porque sair agora? Casentini admite que estava longe de ser uma decisão fácil, mas o futuro contém alguns projetos interessantes que ele queria trabalhar há algum tempo e com o fim das filmagens de Beast Morphers foi o momento de escolher esse outro caminho.

"Foi uma decisão muito difícil, mas eu trabalhei na franquia por quase uma década. E surgiram algumas oportunidades de outros projetos que eu gostaria de produzir já tem algum tempo", disse Casentini. "Ao mesmo tempo, estou muito orgulhoso das temporadas de Power Rangers Beast Morphers, então eu queria continuar até encerrarmos a produção. Há uma transição muito suave planejada que será anunciada em breve e o futuro dos Power Rangers é extremamente brilhante".

Beast Morphers irá marcar uma transição em Power Rangers - Foto: Hasbro

"A equipe da Hasbro é muito prestativa e maravilhosa e eu tenho que dar uma mensagem especial para Melissa Flores e Paul Strickland, foi maravilhoso trabalhar com eles", continua Casentini. "Também estou muito honrado por ter tido a oportunidade de trabalhar com o grande Haim Saban por tantos anos. Finalmente, eu estou profundamente agradecido aos incríveis fãs de Power Rangers e acredito que eles ficarão encantados com todo o ótimo conteúdo que a Hasbro tem para eles. Go! Go! Power Rangers!".

Muito em breve saberemos mais sobre os futuros projetos. Mas enquanto isso, queremos fazer um agradecimento e um agradecimento à Casentini por todo o trabalho que ele fez na franquia. E mal podemos esperar para o que vem à seguir.
Brian Casentini sai da Hasbro e fala sobre o futuro de Power Rangers Brian Casentini sai da Hasbro e fala sobre o futuro de Power Rangers Reviewed by Mega Power Brasil on quarta-feira, julho 03, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.