Sequência de Power Rangers pode ajudar o universo da Hasbro


A Hasbro comprou os direitos de vária marcas da Saban, o que inclui também Power Rangers.

No último outono, a Paramount fechou um contrato com a Hasbro com a intenção de desenvolver franquias de filmes baseadas em suas marcas mais populares, o que inclui: G.I. Joe, Micronautas, ROM, O Cavaleiro do Espaço e M.A.S.K. Este novo contrato entre a Hasbro e a Saban dá à Paramount ainda mais marcas para serem adicionadas a essa coleção, e também, novas possibilidades de adaptação para Power Rangers.

A Lionsgate lançou no ano passado um reboot de Power Rangers, baseado nos personagens de Mighty Morphin Power Rangers. O filme certamente tem seus fãs, porém uma parcela dos críticos não se mostraram tão empolgados com a combinação entre um drama adolescente ao estilo "O Clube dos Cinco", cenas de ação extravagantes e vilões, que são a marca de Power Rangers. O filme também não foi tão bem quanto o esperado, arrecadando 142 milhões de dólares nas bilheterias mundiais, com um orçamento de 100 milhões (sem contar o marketing do filme). Enquanto os fãs têm esperado pela sequência, um novo reboot tem sido uma possibilidade remota, ainda mais agora, aponta o site Screenrant.

A franquia comemora seu 25º aniversário este ano, e abrange vários meios de entretenimento. O recente contrato de filmes da Hasbro com a Paramount sugere que um reboot para os cinemas pode fazer parte dos esforços da empresa para mostrar todo o potencial de Power Rangers. Isso não significa um reboot completo do filme. O elenco principal do filme de 2017 expressou continuamente seu desejo em reprisar seus papeis, e quase certamente eles estariam dispostos a fazê-lo novamente em um novo longa metragem.

O que a Forbes pensa?

A conceituada revista acredita que a Hasbro não comprou Power Rangers apenas para permitir que os direitos do filme acumulassem poeira em algum lugar. Segundo eles, a compra coloca a franquia de filmes de volta ao jogo. Embora a tendência natural seja de começar tudo mais uma vez, o fato de ter um primeiro longa já feito com uma base de fãs, uma sequência ainda é uma possibilidade. O texto ainda aborda que uma sequência de Power Rangers ajudaria a fortalecer o universo cinematográfico da Hasbro que ainda está em construção. Uma marca poderosa que pode ser explorada muito mais do que era. Matéria completa aqui.

Alternativamente, a Hasbro pode decidir se concentrar no crescimento da marca a partir de outros meios no futuro, ao invés de focar necessariamente no filme. Os filmes da franquia nunca foram muito bem nas bilheterias, e Power Rangers sempre encontrou seu sucesso nas séries de TV, histórias em quadrinhos e videogames. Talvez por essa razão, o CEO da Hasbro, Brian Goldner, evite mencionar especificamente o cinema como sendo uma área onde a Hasbro vê uma oportunidade para o crescimento adicional da marca. Mas caso aconteça algum anúncio envolvendo a Power Rangers e Hasbro, é bom esperar o próximo ano onde a empresa estará de fato no controle da marca.


Sequência de Power Rangers pode ajudar o universo da Hasbro Sequência de Power Rangers pode ajudar o universo da Hasbro Reviewed by Mega Power Brasil on quinta-feira, maio 03, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.