Destaques Power Rangers Filme

Power Rangers O Filme terá uma cena de morfagem eletrizante

sexta-feira, julho 22, 2016Mega Power Brasil


Hoje o elenco de Power Rangers O Filme teve uma participação maciça na San Diego Comic Con, apesar de ontem terem tido um dia repleto de atividades na feira.

Dacre, Ludi Lin, Naomi Scott e Becky G participaram de diversas entrevistas. Os sites Fandango, Hollywood, EW e Screen Junkies receberam quatro, dos cinco atores principais. Infelizmente RJ Cyler não participou dessa nova bateria de entrevistas.

Todas as entrevistas foram bastante parecidas com as realizadas ontem (Quinta), apenas o painel da Screen Junkies trouxe novidades e é claro que o Mega Power Brasil não ia deixar essa oportunidade passar.

Painel também teve a presença do YouTuber, BlackNerd Comedy - Foto: Reprodução internet

O elenco comentou sobre como eles foram escolhidos para o filme."Eu pirei. Eu não atendi a primeira ligação porque estava em uma prova de roupas e quando vi o número de Dean pensei que era aquela ligação que ou me dispensariam, ou seria a ligação que mudaria minha vida. Dean falou: Eu tenho uma pergunta série para você. Você está pronta para ser a Power Ranger Amarela? E eu gritei e chorei fiquei muito emocionada. A série me influenciou muito quando eu era criança", comentou Becky G.

"Eu estava na China, é onde eu moro. Eu contei para minha mãe, Ei mãe, lembra daquela série que eu assistia quando era pequeno? E ela, Qual? Eu respondi: Power Rangers. Ela achou que fosse um desenho, mas expliquei que era com pessoas reais, depois eu disse que seria o Ranger Preto e ela não gostou, porque achou que eu seria um vilão. Eu liguei para os meus amigos e eles acharam o máximo", continuou Ludi Lin.

Naomi Scott também comentou, "Eu estava assistindo um programa não muito bom na TV com minha melhor amiga e recebi um telefonema do meu agente dizendo: Olha, não sei se é oficial, mas acho que você conseguiu o papel. Então eu entrei no Twitter e estava lá: Naomi Scott é a nova Ranger Rosa. Então era mesmo oficial".

Por fim, a inusitada história de Dacre. "A minha história é interessante. Eu estava terminando a escola de dramatização, a última peça. Fui comer um Mac Donalds com uns amigos e tomar umas cervejas e perdi cinco chamadas. Eu descobri que me queriam no avião para fazer o teste no dia seguinte, então eu comprei as passagens e deixei minha mãe pobre. Fiz o teste e fui aceito. Em quatro dias minha vida mudou, eu estava no banho e quando saí, minha mãe estava chorando".

Os novos Rangers comentaram que esse trabalho com pessoas de países diferentes, continentes diferentes, causou um sentimento de união no elenco. E isso fica bem evidente durante as conferências e entrevistas.

"Fizeram um ótimo trabalho em escolher pela diversidade. E apesar das diferenças, no fim é Power Rangers e isso é algo positivo, e essa decisão foi muito corajosa", falou Ludi Lin.

"Nós sabíamos da nossa responsabilidade nos papeis, é uma grande honra participar de tudo isso", concluiu Becky G.

Os uniformes divulgados meses atrás - Foto: Lionsgate

Eles também aproveitaram para falar da primeira vez que viram os uniformes e seus novos upgrades.

"Antes de tudo existe um processo para fazer esses trajes. Foram scans em 3D para começarem a modelar e produzir os uniformes. A montagem foi um processo de 3 horas, eu e Naomi fizemos a prova juntas, estávamos com fome, mas depois que vimos tudo montado e colocamos as máscaras, o sentimento foi real", falou Becky G.

Ludi Lin foi o que se movimentou melhor com os trajes e disse que com o tempo vai ficando mais fácil. Já Naomi, disse que teve uma relação de amor e ódio com o traje dela.

"Os dubles faziam coisas absurdas com os trajes, então eu pensei que se eles conseguiam, porque nós não conseguíamos?", falou Ludi Lin.

"Os trajes crescem conosco, meio que fazem parte da nossa genética, como uma armadura e isso é legal". Comentou Naomi Scott sobre como foi vestir os trajes. "Sobre os trajes, não odeiem os trajes. Eles foram criados com paixão e levaram tempo. Vocês não irão se decepcionar com eles. E nós vimos que os fãs fizeram muitos conceitos de trajes que são ótimos", complementou Ludi Lin.

Os atores também falaram de como os uniformes irão funcionar dentro do longa metragem.

"O conceito por trás dos trajes é que a morfagem é muito mais orgânica, como os outros estão dizendo, ela vem do interior. Não é uma armadura que você coloca, é algo que vem de dentro", falou Dacre. "Quando se fala orgânico existem muitas interpretações, mas é muito mais do que isso. O conceito evolui daí, existe uma filosofia para explicar de onde vem os trajes", terminou Ludi Lin.

O apresentador brincou falando, "Será que tem um traje dentro de mim?" e Becky G prontamente respondeu, "É exatamente isso que estamos falando". Ele comentou perguntou quanto tempo demorava para vestir os uniformes durante as gravações para Becky G, "Depois que aprendemos a vestir o traje conseguimos vesti-los em uma hora".

E falaram também do uso deles durante as gravações.

"O traje possui várias camadas. A cada camada adicionada temos texturas diferentes e a última delas é a armadura. O material é leve e bem apertado, mas não é tudo uma roupa só, por isso que restringe um pouco os movimentos", também comentou Dacre sobre o uso dos trajes nas gravações.

Ludi Lin disse que algumas vezes ele só precisou colocar partes da armadura para fazer as filmagens, mas Dacre disse que ele nunca teve essa opção e sempre gravou com o traje completo. Os atores confirmaram que haverá uma cena de morfagem e que é bem emocionante e o filme tem cenas de ação intensas e se utilizou de dubles.

"Foi muito louco. Nós treinamos um pouco antes de chegarmos para as filmagens, alguns dos outros já tinham mais experiência com lutas. Os dubles nos ajudaram a entender qual seria o estilo de luta dos nossos personagens, tornando-os bem singular. E nós fizemos muitas das cenas de ação sem dublês também, mas é bem difícil lutar para as câmera, pois o seu oponente é na verdade seu parceiro de filmagens. Então tivemos que aprender a bloquear os golpes para as câmeras, realmente lançando um soco, mas sabendo que você não vai atingir seu parceiro.", falou Becky G.

Uma curiosidade que foi falada lá é que o dublê do vermelho faz as capturas de movimento para o jogo de Assassins Creed. Naomi Scott também comentou que socou um dublê durante as gravações e e estava fantasiado de "Putty" que conhecemos aqui no Brasil com os Bonecos ou Patrulheiros de Masssa. Infelizmente ela não comentou se eles serão parecidos com os da série de TV ou sofreram uma grande remodelagem.

O apresentar comentou como eles reagiram quando Elizabeth Banks foi anunciada?

"Minha mãe perguntou se era ela que estava em Jogos Vorazes e eu disse que sim. Não que isso seja determinante, mas nós trabalhamos com uma profissional bem sucedida e talentosa. Ela te dá opções para que você trabalhe, te dá muito material e então você tem que se esforça", falou Dacre.

"Ela é o pacote completo, consegue tirar o personagem do papel. Ela é destemida", completou Naomi.

"Ela estava envolvida em todos os aspectos da personagem. Ela fez mudanças na personagem depois que a estudou, melhorando aspectos que envolviam sua personalidade e até mesmos os visuais das próteses para funcionarem melhor com a personagem. No dia da minha cena com ela que vocês viram na foto, ela veio com tudo e me jogou na parede. No dia seguinte eu estava toda dolorida", terminou Becky G.


E por último, o apresentador perguntou sobre o que eles acharam da escolha de Bryan Cranston como Zordon.

"Antes mesmo do ator ser anunciado, nós já nos perguntávamos como ele seria durante as leituras de roteiro", falou Ludi Lin. "Nós tínhamos várias piadas internas", continuou Becky G.

"Nós inventávamos várias vozes para várias formas que imaginávamos de Zordon. E Zordon é aquele personagem que coloca a responsabilidade do dever sobre nós, por isso quando anunciaram Bryan, ele só adicionou ao papel", encerrou Dacre.


Você também pode gostar

1 comentários

Apoio

Apoio
Apoio