Destaques Entrevistas

Bate-Papo com o Thiago Zambrano

quarta-feira, março 26, 2014Redação


Ele deu a voz para o misterioso "Robô Guerreiro (Robo Knight)" e na temporada anterior foi o Jayden (Super Samurai). O Mega Power Brasil hoje entrevista o dublador Thiago Zambrano.

MPB - Seja bem vindo ao Mega Power Brasil primeiramente Thiago. Para começarmos, queriamos saber: O que é ser dublador.

TZ - Dublar é uma forma de atuar, emprestando a sua voz, a personagens de língua estrangeira.

MPB - Nesses mais dez anos de trajetória, quais foram as maiores dificuldades que você encontrou dentro da sua profissão.

TZ - Na verdade não tive dificuldades, eu acho que passei o que a maioria passa, como por exemplo se fazer presente, as vezes você precisa lembrar aos estúdios que está na área (risos). Mas dificuldades, nenhuma.

MPB - Você já teve experiência dublando Jayden em "Power Rangers Super Samurai", como foi dublar o "Robô Guerreiro", um personagem totalmente diferente?

TZ - Eu tenho o que se diz no mercado, "voz branca", é um tipo de voz que consegue chegar de tons mais agudos a graves, sem comprometer a atuação e o projeto. O Jayden usei minha voz mais natural, e o Robô guerreiro, por ser um robô, necessitava algo mais forte e pesado.

Zambrano dublou o corajoso Robô Guerreiro
MPB - Qual foi o momento que você mais gostou de gravar em "Power Rangers Megaforce"?

TZ - Eu adorei fazer tudo, por que o Robô Guerreiro muitas vezes salva a pele dos Power Rangers, mas teve um momento que ele aprende coisas sobre os seres humanos, inclusive a cantar e fazer Rap (risos) foi muito engraçado.

MPB - O "Robô Guerreiro" no último episódio da série "desaparece", que fim você acha que o personagem levou?

TZ - Por ser um robô, acho que ele não vai demorar para aparecer no próximo Power Rangers... espero!!! (risos).

Jayden, o líder dos Power Rangers Samurai
MPB - Falando sobre o futuro, você pretende voltar para "Power Rangers Super Megaforce"? Tem algum outro projeto pela frente?

TZ - Faço com o maior prazer o "Power Rangers Super Megaforce", foi ótimo, é um sonho de adolescente se concretizando de novo (risos). Projetos? Vários, tem muita coisa bacana que estou dublando...

MPB - Em 2006 você ganhou o prêmio de melhor dublagem iniciante com "Cavaleiros do Zodíaco", como é a sensação de ter seu trabalho reconhecido dessa forma?

TZ - Nossa, foi uma conquista incrível e super diferente... porque eu nem tinha um ano e meio de dublagem, e de cara fiz um protagonista (Toma de Icarus) num filme de cinema, pra "Cavaleiros do Zodíaco", foi maravilhoso.

MPB  - Você tem algum ídolo no meio da dublagem brasileira?

TZ - Muitos. Tatá Guarnieri, Luis Carlos de Moraes, Gilberto Baroli, Felipe Grinan, Raquel Marinho.. olha são muitos... mas em especial, o meu padrinho, Cassius Romero, e outros dois monstros da dublagem paulistana, Marcelo Campos e Francisco Bretas.

MPB - Como você enxerga o mercado de dublagem atualmente?

TZ - Em alta, crescendo a cada dia... graças a Deus (risos).

MPB - Um recado para todos que apreciam o seu trabalho.

TZ - Só o agradecimento, se eu pudesse abraçava cada um de vocês. Um grande beijo a todos, e para acompanhar um pouco mais da minha carreira, é só acessar http://www.thiagozambrano.com.br ou Instagram (thizambrano). Beijo a todos e obrigado pela oportunidade.

Você também pode gostar

2 comentários

  1. A melhor coisa que aconteceu foi a Saban pedir a renovação da dublagem no Brasil, claro que Rio de Janeiro tem muitos monstros da dublagem, mas todas as vozes adolescentes possíveis já apareceram em Power Rangers, agora em São Paulo é um novo mercado, só acho que eles não deveriam ter trocado no meio de Samurai né, podiam ter esperado ou tomado essa decisão antes, mas enfim... Galera de São Paulo, vamos dublar de coração... Power Rangers merece...

    ResponderExcluir

Parceiros

Apoio Apoio
Apoio